Viaduct Deolinda Rodrigues


Esta obra do INEA (Instituto Nacional de Estradas de Angola) está localizada na estrada de maior fluxo rodoviário existente em Angola, a estrada Luanda-Catete. As fundações deste viaduto foram executadas para o empreiteiro geral CR 20. Os trabalhos decorreram durante 3 meses. Foram executados 3841m de estacas moldadas com 820mm de diâmetro e profundidade máxima de 28m. Parte do trabalho foi com recurso a tubos moldadores recuperáveis e parte com recurso a fluído estabilizador, neste caso concreto, bentonite. Para a realização deste trabalho a Bauer-Angola utilizou duas máquinas de perfuração, uma BG 15 e uma BG 28, auxiliadas por uma grua de rastos Hitachi.